MENU

Colômbia agora exige vacina contra a febre amarela

O governo da Colômbia decidiu hoje exigir o Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela para quem quiser entrar no país, tanto como destino quanto como conexão. A medida já começa a valer para os desembarques a partir desta quinta-feira (23 de março de 2017).

Não são necessários os 10 dias de incubação normalmente exigidos antes da viagem, mas a vacina precisa ter sido tomada. Além disso, não se esqueça de trocar a sua carteirinha de vacinação pelo modelo internacional em um escritório da Anvisa (veja mais detalhes sobre esse procedimento clicando aqui).

A decisão do governo segue a de outras nações vizinhas latino-americanas que passaram a exigir a vacina este ano, tais como Nicarágua, Panamá e Cuba. Espera-se que outros países tropicais façam o mesmo nos próximos meses.